Notícias

Categoria Noticías

Tecnologia

Categoria Tecnologia

Games

Categoria Games

Vídeos

Categoria Vídeos

Conheça a nossa loja parceira!

Anatel quer adicionar 911 e 112 às chamadas de emergência no Brasil

Escrito por Gabriel Lima. Postado em Notícias, Tecnologia

Os números seriam inspirados nos códigos internacionais e facilitariam o acesso de estrangeiros que estiverem no país

Anatel

Antes de começar vamos nos atualizar

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) foi criada pela Lei 9.472, de 16 de julho de 1997 – mais conhecida como Lei Geral de Telecomunicações (LGT), sendo a primeira agência reguladora a ser instalada no Brasil, em 5 de novembro daquele mesmo ano.

A criação da Anatel fez parte do processo de reformulação das telecomunicações brasileiras iniciado com a promulgação da Emenda Constitucional 8/1995, que eliminou a exclusividade na exploração dos serviços públicos a empresas sob controle acionário estatal, permitindo a privatização e introduzindo o regime de competição. O Estado passava da função de provedor para a de regulador dos serviços.

Fonte do significado: Wikipédia (Até porque se o SeAtualize fosse explicar com as próprias palavras o significado de Anatel, não sairia tão lindinho assim, ou sairia?)

Atualmente, o telefone que qualquer pessoa precisa utilizar para entrar em contato com o Batalhão de Polícia no Brasil é 190 — não importa de onde seja a pessoa que está realizando a ligação. Mas a Anatel quer modificar esse sistema, visando facilitar o acesso à segurança pública para turistas que estiverem viajando pelo Brasil. E para isso, seria necessário apenas adicionar dois telefones ao sistema.

Os códigos 911 e 112 são os números utilizados para as chamadas de emergência nos Estados Unidos e na Europa, respectivamente. Como os próximos anos serão marcados pelo grande volume de turistas por aqui (por ocasião da Copa do Mundo de Futebol de 2014 e dos Jogos Olímpicos de 2016), a Anatel pretende permitir que essas pessoas tenham acesso facilitado aos órgãos de segurança pública (não precisando do 190).

Ainda não é claro se as alterações seriam válidas apenas para chamadas oriundas de telefones móveis. Segundo o G1, a proposta está disponível para consulta pública e pode receber contribuições da sociedade até a próxima semana. Mas esse prazo ainda pode ser prorrogado e qualquer pessoa pode contribuir para que o projeto fique melhor.

Localização facilitada

Outra proposta da Anatel diz respeito à localização dos aparelhos que enviam chamadas de emergência. A Agência Nacional de Telecomunicações pretende fazer com que as operadoras informem aos serviços policiais de que local estão sendo originadas as ligações — facilitando a localização de possíveis emergências e também a inibição de chamadas falsas que também podem ocorrer.

Espera-se que a precisão nas localizações fique entre 60 e 300 metros — tendo ao menos 95% de taxa de acertos. Um grande benefício desse sistema de localização estaria no direcionamento das chamadas de emergência. As operadoras poderiam identificar a proximidade dos usuários com diferentes antenas para enviar as chamadas às centrais policiais mais próximas. Essa proposta também está em fase de análise pública.

Talvez seja por um motivo óbvio: A copa do mundo está chegando e os gringos amados realmente precisa de um suporte da Anatel

A postagem não passou por adaptações – Via: TecMundo

Tags: , , , ,

Trackback from your site.

Deixe um comentário

Atualizando o mundo todo

Leitores em várias partes do mundo

Entre em contato

Parceiros

Arena Games
Aplic Host